Como uma cidade de 34 mil habitantes está resgatando a gastronomia do PR - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Como uma cidade de 34 mil habitantes está resgatando a gastronomia do PR

Por: Elite FM
Publicado em 17/04/2019
img
As chefs Rosane Radecki e Eva dos Santos durante a terceira edição do evento “Porcadeiros”, festa gastronômica realizada em Palmeira para celebrar a história do Paraná. Foto: Thamires Valério / Divulgação/Gazeta do Povo

A chef Rosane Radecki e outros cozinheiros apostam na disseminação da cultura gastronômica de Palmeira, nos Campos Gerais, para recuperar a história do Paraná através da comida. É graças a uma cidade de quase 34 mil habitantes que a história gastronômica do Paraná está sendo resgatada. O cenário é Palmeira – distante 80 km de Curitiba e localizada entre os municípios de Lapa e Ponta Grossa, nos Campos Gerais. A principal protagonista é a chef de cozinha Rosane Radecki. A palmeirense começou a empreitada há cinco anos, resgatando a tradição do pão no bafo e, agora, tem difundido a cultura centenária dos porcadeiros da região. Eles foram mais importantes para a economia do Paraná do que o tropeirismo”, diz a chef. Rosane explica que, enquanto os responsáveis por levar gado e muares (mulas) do Rio Grande do Sul a São Paulo no fim do século 18 foram eternizados como “tropeiros”, os homens a cargo das tropas de porcos ganharam o título de “porcadeiros”. Mas estes, ao contrário dos primeiros, são pouco ou nada conhecidos entre os brasileiros. A chef decidiu mudar esta realidade em 2018, quando reuniu amigos cozinheiros para celebrar a cultura esquecida dos porcadeiros. Organizou um evento cujo nome é o mesmo do grupo histórico e, espontaneamente, encabeçou um movimento que tem ganhado cada vez mais força no Paraná. "Em menos de um ano, já foram realizadas três edições da festa gastronômica. “Porcadeiros”: uma no Rio Grande do Sul, outra em Minas Gerais e a terceira em Palmeira, no Paraná. 


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem:Gazeta do Povo/Divulgação