Crise venezuelana: Fim de linha com inflação de 10 milhões por cento ao ano - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Crise venezuelana: Fim de linha com inflação de 10 milhões por cento ao ano

Por: Elite FM
Publicado em 13/04/2019

Esse era do sonho da esquerda brasileira se conseguisse implantar o bolivarianismo no país,e pior ainda há defensores de Maduro.O maior desastre da América do Sul se dá na Venezuela. Supera qualquer tsunami. O FMI está calculando uma inflação anual para a Venezuela de 10 milhões por cento. No auge da inflação brasileira, antes do plano real, nossa inflação foi de 5 mil. Imaginem a diferença. A Venezuela é um grande produtor de petróleo. Afiliada à Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), o país produzia normalmente 3 milhões de barris por dia. Agora está produzindo 1 milhão de barris. A recessão na Venezuela neste ano é de 25%. Para se ter uma ideia, a recessão do desastre da nova economia da Dilma – e que causou 12 milhões de desempregados – foi de -3,5% no PIB. Na Venezuela, quase metade da população ativa está desempregada. A ideologia venezuelana, pregada no Brasil pelo governo do PT nunca deu certo em lugar nenhum do mundo. A União Soviética teve 70 anos de poderes divinos, poderes de vida e morte sobre as pessoas e não deu certo, quebrou. A China parou com o comunismo na prática porque não é Marx que rege a China: é Confúcio, que é pragmático. Isso não dá certo em lugar nenhum do mundo. Não deu certo em Cuba, e tem gente aqui no Brasil insistindo nisso, quando a gente está precisando mesmo é economia de mercado que é estimulada pelo lucro, pela confiança e pelo otimismo. Assim as pessoas investem e vão abrindo empregos. É assim que funciona essa roda.


Fonte: Alexandre Garcia-Gazeta do Povo