Olavista,novo ministro da Educação defende o combate ao marxismo cultural - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Olavista,novo ministro da Educação defende o combate ao marxismo cultural

Por: Elite FM
Publicado em 10/04/2019
img
Abraham Weintraub – Ministro da Educação-Crédito: Rafael Carvalho/Divulgação Casa Civil

O novo ministro da Educação, o economista Abraham Weintraub, é um seguidor do escritor Olavo de Carvalho e também defende o combate ao marxismo cultural nas universidades. Ele e o irmão, o economista Arthur Weintraub, que ajudou na formulação da reforma da Previdência, atuam na equipe de Jair Bolsonaro desde a campanha eleitoral. Entenda os motivos que levaram à demissão de Vélez Rodríguez Olavo de Carvalho sobre a demissão  de Vélez. Em 8 de dezembro de 2018, o economista defendeu suas teses na Cúpula Conservadora das Américas. Ele disse que, para vencer as ideias de esquerda, os conservadores devem ter bom humor e "adaptar" as ideias de Olavo de Carvalho. Por ser economista, o novo ministro da Educação reconhece que os fatores culturais afetam a renda do povo e por isso é preciso implantar programas e infraestruturas para melhorar o padrão cultural do povo. Abraham Weintraub revela por que os países do norte da Europa são mais ricos que os do sul. Segundo pesquisas é porque os países do norte são protestantes e os do católicos. Para os protestantes, o povo rico é abençoado por Deus e para os católicos prevalece o ensinamento que diz: ”É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no reino de Deus”, ou seja, a pobreza seria mais benéfica que a riqueza. Isso  dá a entender que o novo ministro vai  estar muito atrelado à economia fazendo com que a educação tenha projetos para juntar os interesses do empregos por parte da empresa e a escolar fornecer essa mão de obra qualificada, a exemplo do que acontece em Israel.  


Fonte: Gazeta do Povo e Elite FM

Fonte das fotos: Imagem :Reprodução/Internet/Isto é/ Crédito:Rafael Carvalho/Divulgação Casa Civil