"Que Vélez seja apenas o primeiro, presidente" - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

"Que Vélez seja apenas o primeiro, presidente"

Por: Elite FM
Publicado em 08/04/2019
img
Ministro das “Trapalhadas” é exonerado -"Foto: Marcelo Camargo /Agência Brasil"

 Velez é exonerado por incompetência no cargo mais importante dos Ministérios. Trapalhadas e medidas intempestivas foram responsáveis pelo descrédito nesses primeiros 100 dias. Em seu lugar foi indicado, Abrahamm Weintraub, doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Abraham participa do governo desde a transição quando integrou o grupo para discutir sobre a Previdência Social. Professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Weintraub é mestre em finanças pela FGV e executivo do mercado financeiro. Em seu currículo Lattes, na plataforma CNPq, o novo ministro da educação informa que já atuou como CEO da Votorantim Corretora no Brasil. O novo ministro tem o diferencial de  ter atuado na Academia e nas empresas privadas, o que lhe dá respaldo nas escolhas para o Ministério da Educação. Bolsonaro declarou que a maioria dos seus ministros “não tem nenhuma habilidade política”. Isso é reflexo dos muitos anos de governo com ministros oriundos da política que contribuíram para  uma sequência de péssimas  gestões com o avanço das propinas e corrupção desenfreada. Basta dizer que um terço  da classe política está envolvida em acusações de desvios de dinheiro público. Bolsonaro que escolher ministros de outra seara, que não seja tanto ligada aos políticos e sem adotar o esquema da velha política  do “toma-lá-dá-cá”. Errar é humano, mas acertar é imperativo. Conjecturas à parte, a realidade está posta e não parece animadora para um país dependente da aprovação das reformas  que nenhum governo quis enfrentar por medo de perder popularidade. Bolsonaro encontrou um Brasil destroçado em suas infraestruturas, estradas, portos, saúde, educação, segurança, tudo deixando a desejar. É o grande abacaxi nas mãos de Bolsonaro. A última pesquisa mostra que o novo governo tem aprovação da maioria, mas espera que os bons resultados apareçam   gradativamente.

 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm

Fonte das fotos: Imagem: Marcelo Camargo /Agência Brasil/Gazeta do Povo