A dívida do Brasil e os seus juros inviabilizam a geração de oportunidades - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

A dívida do Brasil e os seus juros inviabilizam a geração de oportunidades

Por: Elite FM
Publicado em 04/04/2019

O mínimo bom senso recomenda que se faça a reforma da Previdência para evitar calamidades em todos os setores. Como nossos jovens podem conseguir bons empregos e empreender se é muito mais conveniente para o sistema financeiro financiar uma dívida cara e alta de um devedor que insiste em se endividar mais? Como nossas empresas podem competir com um gigante tomador de empréstimos que pode imprimir dinheiro ou obter recursos forçadamente por meio de impostos? A dívida e seus juros inviabilizam a geração de oportunidades. Os objetivos traçados na Constituição de desenvolver a nação e combater a pobreza exigem um ambiente macroeconômico estável que não se apresentará sem um novo pacto para a Previdência. Reduzir o desemprego – que afeta desproporcionalmente os jovens – é um imperativo ético, um imperativo pela Constituição, e um imperativo para a própria Igreja Católica. Para o Papa, que frequentemente fala em “descarte dos jovens”, seria a falta de emprego da juventude o problema mais urgente da Igreja. Os jovens precisam de trabalho e esperança, mas não têm nem um nem outra, e o problema é que nem esperam mais por isso. Eles foram esmagados pelo presente. Responda: ” Você consegue viver sob o peso do presente? Sem a memória do passado e sem o desejo de olhar para frente construindo algo, um futuro, uma família? É por isso que o Brasil precisa de reformas e a sociedade deve se abrir para a consciência coletiva desta necessidade. Infelizmente  para muitos  congressistas o Brasil fica em segundo plano, depois dos interesses particulares ,notadamente com viés de reeleição.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm