Como e por que o Chile se tornou o primeiro país desenvolvido da América Latina - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Como e por que o Chile se tornou o primeiro país desenvolvido da América Latina

Por: Elite FM
Publicado em 03/04/2019

Muito além dos vinhedos e das minas de cobre, o Chile é um ponto fora da curva entre os países da América Latina. Referência em baixa inflação, desenvolvimento humano, competitividade, inserção na economia global, liberdade econômica e percepção de corrupção, o país possui lições de estabilidade política e econômica que revelam como se tornou o primeiro país latino a se tornar desenvolvido. Nos últimos 40 anos o país passou por uma profunda transformação: de uma ditadura militar para uma das democracias mais avançadas do mundo, de um regime que censurava veículos, para um dos países com maior liberdade de imprensa. O governo populista de Pinochet  criou favores e benefícios e protecionismo desastroso para a economia chilena e deixou  o país com inflação superior a 1000%.Várias crises se sucederam a do petróleo e recessão. O Chile fez exatamente o oposto dos outros países da América, mais notadamente a partir da década de 1980. Reduziu o intervencionismo, fez privatizações,  todos pagam 10% do salário para a Previdência, estabeleceu controle da taxa de juros , substituiu  a centralização estatal por princípios de livre mercado, e, a despeito de terem gerado desemprego e contração econômica no curto prazo, foram criadas as bases para um crescimento sustentável e uma melhoria nas condições de vida da população. Desde 2013 o país possui o maior PIB nominal per capita da América Latina, e passou a ser considerado pelo Banco Mundial um país avançado, com economia de alta renda e desenvolvida, superando a marca da renda per capita de 16 mil dólares em 2016. Por essas razões é que Bolsonaro quer aproveitar os ensinamentos do Chile, um ponto fora da curva, na América do Sul.O Chile é o segundo país mais interessante para o Brasil, depois dos EUA.


Fonte: Gazeta do Povo