Universidades usam “laranjas” para desafiar o MEC na lista tríplice para reitor - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Universidades usam “laranjas” para desafiar o MEC na lista tríplice para reitor

Por: Elite FM
Publicado em 26/03/2019

Ao longo dos próximos quatro anos, todas as 68 universidades federais brasileiras vão realizar eleições para reitor. Cada uma delas vai apresentar ao Ministério da Educação uma lista com três nomes, com a sugestão de que o primeiro da lista seja o escolhido. Essas escolhas vão formar um grande desafio para o governo Bolsonaro: o ministro da Educação não é obrigado a nomear o primeiro nome da lista. O desafio já começou. Nos últimos dias, duas instituições elegeram seus reitores: a Universidade Federal de Grande Dourados e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Ambas simplesmente descartaram de suas listas os candidatos derrotados na votação realizada entre alunos, professores e servidores. Apresentaram apenas o vencedor do pleito, e dois outros nomes ligados a ele, "laranjas". A lista tríplice saiu com dois laranjas e a candidata oficial. Não existe universidade do mundo que tenha um processo seletivo semelhante ao do Brasil. Sabendo que Bolsonaro quer despetizar as reitorias de universidades federais, essas entidades estão  formando a lista tríplice com “laranjas” o que desmoraliza a própria universidade, que quer dar ”legitimidade” ao disfarce da eleição. O MEC sabe da situação e ainda não pronunciou, mas nos bastidores sabe-se que vai tomar as medidas cabíveis ética e moralmente, porque educação é coisa séria e tal atitude das universidades remete à corrupção, disfarçada de legalidade.(GP e Elite FM)