Videogames violentos influenciam os jovens? O que dizem as pesquisas - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Videogames violentos influenciam os jovens? O que dizem as pesquisas

Por: Elite FM
Publicado em 21/03/2019
img
Imagem do jogo Call of Duty: WWII Foto: Divulgação

O massacre ocorrido em Suzano acabou despertando uma discussão sobre a possível influência de games para o desenvolvimento de comportamento violento em jovens. Não é novidade culpar videogames por tragédias ou insegurança pública. No passado, crimes violentos foram falsamente correlacionados à influência de programas de televisão e quadrinhos. Trata-se de uma busca por respostas fáceis para questões complexas, o que quase nunca é salutar para o debate público. Embora esse tipo de associação entre games e violência ocorra desde os anos 1970, se tornaram mais frequentes após o massacre na escola Columbine em 1999 com a hipótese de que os agressores eram usuários de games violentos. Houve algumas evidências de que o uso de games poderia suscitar impulsos hostis e comportamentos violentos em curtos períodos de tempo. Pelo contrário, a literatura mais recente vem caminhando no exato sentido oposto. Isso porque o aumento do consumo de videogames violentos contrasta com a quantidade de crimes violentos cometidos por jovens nos Estados Unidos: enquanto as vendas de videogame dobraram entre 1996 e 2013, a quantidade de menores infratores caiu mais da metade entre 1994 e 2010. Por fim, no tocante a assassinatos em massa, especialistas atualmente entendem que se trata de algo multifatorial. Entre os possíveis fatores constam a tensão social, a ausência de laços familiares, a predisposição biológica, além de tendência de perfis criminosos à repetição de comportamentos realizados por assassinos em série.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem:Reprodução/Gazeta do Povo/ Jogo Call of Duty: WWII Foto: Divulgação