Número de voos no Paraná encolheu e tem relação com cobrança de impostos - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Número de voos no Paraná encolheu e tem relação com cobrança de impostos

Por: Elite FM
Publicado em 08/03/2019

Mesmo com a crise econômica, estados vizinhos tiveram aumento no fluxo de passageiros; preço das passagens também subiu bem acima da inflação. O número de passageiros transportados nos voos dentro do Paraná caiu 60% e o preço médio dos bilhetes aéreos aumentou 75% nos últimos quatro anos – bem acima da inflação registrada no período. Um dos fatores principais que influenciou nos números paranaenses foi a decisão tomada em 2015, durante a gestão Beto Richa?, de aumentar o imposto sobre o querosene da aviação. Um exemplo é a movimentação nos aeroportos de São Paulo e Santa Catarina, que registraram aumento de 7,9% e 16,8% entre 2014 e 2018. No mesmo período, a queda no número de embarques aéreos no Paraná foi de 7,8% – na conta entram todos os voos, incluindo para outros estados e países. Considerando apenas a circulação de passageiros em linhas dentro do estado, a diminuição é bastante significativa. Em 2014, 334 mil pessoas saíram do Afonso Pena em direção a um dos quatro principais aeroportos do interior (Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu). Em 2018, foram apenas 133 mil – 201 mil a menos. Um dos motivos que viabilizou os aeroportos de Pato Branco Ponta Grossa, Guarapuava e Campo Mourão foi o desconto  de impostos sobre o querosende de aviação.


Fonte: Gazeta do Povo