3 caminhos para a aposentadoria: como deve ser a transição na nova Previdência - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

3 caminhos para a aposentadoria: como deve ser a transição na nova Previdência

Por: Elite FM
Publicado em 19/02/2019
img
Haverá três formas para se aposentar -Albari Rosa-Gazeta do Povo

Reforma prevê tempo de transição de 12 anos e, durante esse período, três caminhos para se aposentar. O presidente Jair Bolsonaro bateu o martelo e fechou o texto da reforma da Previdência, estabelecendo uma idade mínima de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres. Essas idades, porém, só serão alcançadas após um período de transição de 12 anos e, durante essa etapa, será possível se aposentar através de três formas: idade mínima, pontos ou tempo de contribuição com pedágio. Mais detalhes só seriam conhecidos na próxima quarta-feira (20), quando a proposta será enviada ao Congresso e quando Bolsonaro fará um pronunciamento à nação. Haverá três formas para se aposentar. A primeira seria pagando um pedágio de 50% sobre o tempo de contribuição restante. Essa regra valerá somente para quem está a dois anos de se aposentar por contribuição. A segunda forma seria por idade mínima a partir de 56 anos para mulheres e 60 para homens. A terceira forma de se aposentar durante a transição será pela idade mínima, após tempo mínimo de contribuição. A idade mínima partirá, a partir da aprovação e promulgação da PEC, de 56 anos para mulheres e 60 para homens. A cada ano, a partir de 2020, esses valores subirão 0,5 ponto chegando até os limites estabelecidos de 65 anos para homens e 62 para mulheres. Com isso, a transição durará 12 anos no caso das mulheres e dez para os homens. Vale ressaltar que essa terceira regra só valerá para quem tiver o tempo mínimo de contribuição. Atualmente, são 15 anos para mulheres e 20 para homens. Ainda não se sabe se esses valores serão mantidos ou aumentados.

 


Fonte: Gazeta do Povo