Governo quer reduzir controle do MEC em faculdades privadas e permitir que se autorregulem - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Governo quer reduzir controle do MEC em faculdades privadas e permitir que se autorregulem

Por: Elite FM
Publicado em 16/02/2019

Brasil produz e investe em muitas pesquisas científicas. Resultado: baixo impacto mundial. Tribunal de Contas da União mostrou que atual sistema que avalia instituições não tem sido capaz de induzir melhorias consistentes da qualidade dos cursos. O governo Jair Bolsonaro quer implementar um sistema de autorregulamentação do ensino superior privado. Hoje, o governo lidera um complexo sistema de avaliação de qualidade, supervisão e autorização do funcionamento de cursos superiores no país.De acordo com o secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Marco Antônio Barroso Faria, a ideia é reduzir a atuação do MEC  nos processos. "Na medida que o setor se autorregular, o estado precisa de intervir menos. Na medida em que os atores participantes desse mercado zelarem pela qualidade do ensino, eu só vou fazer a chancela", disse Faria. O secretário não deu detalhes sobre como seria o processo de autorregulamentação. Adiantou, no entanto, que a ação será discutida a longo prazo e com participação de todos os envolvidos. De mais de 2 mil faculdades, universidades e centros universitários com indicador de qualidade divulgado em dezembro de 2018 (o chamado IGC, Índice Geral de Cursos), apenas 35 tiveram nota máxima (1,6%). Levando em conta, por exemplo, cursos de formação de professores a distância, esse índice é de 0,5%. "Auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União), do ano passado, mostrou que o sistema de avaliação não tem sido capaz de induzir melhorias consistentes da qualidade dos cursos.


Fonte: Gazeta do Povo