Programa Mais Médicos será encerrado e substituído por plano de carreira - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Programa Mais Médicos será encerrado e substituído por plano de carreira

Por: Elite FM
Publicado em 11/02/2019
img
Karina Zambrana/Ascom/ Mministério da Saúde/Divulgação

Governo federal diz ao El País que não serão lançados novos editais e que médicos que atuam pelo programa continuarão até o final de seus contratos, que tem duração de três anos. O governo Jair Bolsonaro vai encerrar o programa Mais Médicos – que leva profissionais de saúde para cidades da periferia e do interior do país – e substituí-lo por um plano de carreira  federal que torne regiões mal atendidas mais atrativas aos médicos. As informações são do jornal El País, que entrevistou Mayra Pinheiro, secretária de gestão no trabalho e educação em saúde do Ministério da Saúde, responsável pelo Mais Médicos. Segundo ela, a ideia é que o último ciclo de vagas abertas no programa se encerre nesta semana. A partir disso, não serão feitos novos editais. Os médicos que atuam pelo programa poderão continuar em seus postos de trabalho até o final de seus contratos, que tem duração de três anos. A ideia do governo é então substituir o Mais Médicos por um plano de carreira, mas ainda não dá detalhes sobre como seria esse plano. Este era o pedido feito pelas entidades médicas. O Mais Médicos foi criado em 2013 pelo governo Dilma Rousseff (PT) numa maracutaia, às escondidas, para favorecer a ditadura cubana que confiscava 70% do salário dos médicos para repassar ao governo cubano. Bolsonaro quebrou o acordo e Cuba chamou de volta os médicos e o governo brasileiro abriu editais para suprir a demanda de médicos e as vagas 9deverão zerar neste mês. Os médicos cubanos estão recorrendo à Justiça para serem ressarcidos dos 70% dos salários confiscados pela ditadura cubana.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem:Mministério da Saúde/Karina Zambrana/Ascom/Divulgação