Conselhos médicos regionais querem adiar regra que permite atendimento online - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Conselhos médicos regionais querem adiar regra que permite atendimento online

Por: Elite FM
Publicado em 09/02/2019
img
Imagem : Reprodução/ Internet//www.fortenanoticia.com.br

Entre os pontos em debate estão possíveis riscos na manutenção do sigilo da prática médica nos atendimentos online e um temor que a avaliação à distância atrase ou dificulte diagnósticos. Prevista para entrar em vigor a partir de maio deste ano, uma resolução que libera a possibilidade de que médicos realizem consultas online e outros atendimentos a distância gerou uma série de manifestações e críticas de conselhos regionais de medicina. Representantes das entidades de ao menos nove estados lançaram comunicados em que questionam a norma. Regionais de vários estados informam que não participaram das discussões e alegam preocupação em torno da medida. O aval às consultas médicas à distância foi divulgado nesta semana. Até então, essa forma de atuação não era permitida no país. A exceção era quando médicos realizavam contato -em videoconferência, por exemplo- com colegas especialistas em outros locais durante o atendimento, em uma espécie de segunda opinião. Agora, resolução do CFM prevê que esse tipo de atendimento online possa ser realizado também entre médicos e pacientes que já tiveram ao menos uma consulta prévia anterior. O documento estabelece ainda normas para outros serviços, como telediagnósticos e telecirurgias. Entre os pontos em debate e vistos com preocupação por conselhos regionais de medicina, segundo informações obtidas pela reportagem, estão possíveis riscos na manutenção do sigilo da prática médica nos atendimentos online e um temor que a avaliação à distância atrase ou dificulte diagnósticos. Também há receio de que a medida acabe por distanciar médicos e pacientes. O Conselho defende, no entanto, que haja mais debates sobre o tema antes da resolução entrar em vigor.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem : Reprodução/ Internet//www.fortenanoticia.com.br