Chefe do MEC afirma que quem praticar ideologia nas escolas “vai responder à legislação” - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Chefe do MEC afirma que quem praticar ideologia nas escolas “vai responder à legislação”

Por: Elite FM
Publicado em 05/02/2019

 Ricardo Vélez reiterou seu compromisso em combater a doutrinação marxista nas instituições de ensino, além de comentar sobre assuntos como: cotas, mensalidade em universidades e escolha de reitores. Chefe de uma das pastas mais importantes do governo, o Ministério da Educação (MEC), Ricardo Vélez Rodríguez, 75, tem se posicionado fortemente para combater a doutrinação marxista no contexto educacional, algo que ele afirma fazer há trinta anos.  O ministro disse, por exemplo, que “impor ideologias nas escolas é um abuso”, e alertou: “quem praticar isso ostensivamente vai responder à legislação que existe no país”. Antes de ser escolhido para a pasta, o colombiano foi questionado por Bolsonaro: “Vélez, você tem faca nos dentes para enfrentar o problema do marxismo no MEC?”. Para ele, essa doutrinação nas escolas é “um atentado ao pátrio poder e uma invasão da militância em um aspecto que não lhe compete”. É no ensino superior, defende o ministro, que as doutrinas ideológicas devem ser estudadas. O ministro também voltou a falar sobre um assunto pelo qual foi atacado, há alguns dias, quando afirmou que “universidade para todos não existe”.  Ele explicou que “em nenhum país a universidade chega a todos. Ela representa uma elite intelectual, para a qual nem todo mundo está preparado ou para a qual nem todo mundo tem disposição ou capacidade”. Bolsonaro já prometeu não escolher reitores de esquerda para a liderança de universidades federais, sendo muitas delas dominadas pela esquerda.


Fonte: Gazeta do Povo