Juiz suspende pagamento de auxílio-mudança para parlamentares reeleitos - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Juiz suspende pagamento de auxílio-mudança para parlamentares reeleitos

Por: Elite FM
Publicado em 27/01/2019

Rodrigo Maia adiantou o pagamento do auxílio, que é pago no final do mandato para auxiliar na mudança de endereço de parlamentares. O juiz federal Alexandre Henry Alves, da Vara Federal Cível e Criminal de Ituiutaba, em Minas Gerais, proibiu  o pagamento do auxílio-mudança para deputados federais e senadores reeleitos. O auxílio, no valor de R$ 33,7 mil, é pago no final da legislatura - que se encerra em 31 de janeiro - para custear despesas dos parlamentares com mudanças de endereço. Parlamentares que foram reeleitos, porém, recebem o valor duas vezes - no final da legislatura e no início da seguinte - mesmo sem precisarem mudar de endereço. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) adiantou o pagamento do auxílio e repassou os valores aos deputados ainda em dezembro. Em nenhum desses pontos se justifica o pagamento do “auxílio-mudança” para aqueles candidatos que mantiveram seu cargo por reeleição ou para aqueles que foram eleitos para a outra casa legislativa, já que para eles não houve mudança de domicílio ou transporte de seus bens para uma nova localidade”, argumentou o juiz. O benefício é amparado por um decreto legislativo, o que na verdade, é uma afronta absurda à sociedade que paga essa maracutaia.É inconcebível aceitar auxílio mudança para quem já está bem acomodado com a reeleição.


Fonte: Gazeta do Povo