O que fizeram com o dinheiro da Previdência (quando ela tinha dinheiro) - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que fizeram com o dinheiro da Previdência (quando ela tinha dinheiro)

Por: Elite FM
Publicado em 24/01/2019
img
Agência do INSS: governo usou o dinheiro das aposentadorias em outras áreas pelo menos desde Getúlio Vargas. Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo.

Os sucessivos déficits da Previdência são frequentemente explicados pelo envelhecimento da população: com a transição demográfica, há menos pessoas para sustentar o sistema (porque as famílias estão tendo menos filhos) e há mais pessoas para receber pagamentos (porque temos mais idosos vivendo mais).  Quando a demografia era favorávelnão havia real preocupação de poupar superávits para custear aposentadorias no futuro. Por isso, a proposta de capitalização na reforma da Previdência de Paulo Guedes deve ser:  só para os mais jovens e só sobre uma fatia da renda. Na proposta dos economistas Armínio Fraga e Paulo Tafner, por exemplo, a capitalização só afetaria nascidos em 2014 e quando ganhassem mais do que R$ 4 mil. É uma transição lenta, que plantaria a semente de um sistema mais sustentável no futuro. Se os últimos governos em todas as esferas vêm sofrendo para tapar os déficits,governantes do passado tiveram na Previdência verdadeiro maná dos céus. Simplesmente havia gente demais contribuindo pra gente de menos aposentada. O dinheiro da Previdência foi usado para as mais diversas finalidades até para estatais ineficientes, na construção de Brasília, além de criar benefícios que no decorrer do tempo seriam impagáveis. Além do mais a Previdência sempre foi assaltada com desvios, corrupção e toda sorte de maracutaias.Em resumo o déficit da Previdência é fruto da má e péssima gestão dos governos que sequer levavam em conta de que a Previdência,já  aponta para a tranquilidade do futuro.A gestão da Previdência sempre foi empurrada com a barriga e barriga  não pensa no futuro.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem : Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo.