O que o índice The Economist de Democracia diz sobre o Brasi - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que o índice The Economist de Democracia diz sobre o Brasi

Por: Elite FM
Publicado em 18/01/2019

O ranking da revista inglesa considera que o país está numa posição intermediária, ainda que a participação política da sociedade civil tenha aumentado. O Brasil caiu uma posição no Índice de Democracia da Unidade de Inteligência da revista britânica The Economist. De toda forma, ao longo desta década, o país se mantém em posição intermediária de acordo com a lista anual, produzida desde 2006. É considerado uma “democracia falha”, categoria que inclui países que realizam eleições livres e honram as liberdades civis mais básicas, mas apresentam problemas em outros aspectos, como o funcionamento das instituições e a participação política dos cidadãos. Para formar a nota geral de cada nação, a companhia britânica analisa cinco itens: processo eleitoral e pluralismo, funcionamento do governo, participação política, cultura política e liberdades civis. Nos últimos anos, o Brasil caiu no quesito “funcionamento do governo” – se em 2015 e 2016 a nota era 6,79, e nos anos anteriores estava em 7,50, em 2017 e 2018 despencou para 5,36. Em compensação, em 2018, o país deu um saldo no quesito “cultura política”: partiu da nota 3,75 e saltou para a nota 5 depois do impeachment da Dilma. Ainda assim, é uma pontuação baixa: os países considerados democracias plenas costumam receber notas acima de 7 para esse quesito. Já a participação e a cultura política costumam ser um ponto fraco no Brasil.


Fonte: Gazeta do Povo