O que muda com o decreto de Bolsonaro que flexibiliza posse de armas - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que muda com o decreto de Bolsonaro que flexibiliza posse de armas

Por: Elite FM
Publicado em 17/01/2019
img
Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. O tema foi um dos pilares da campanha do presidente e foi a primeira medida adotada pelo governo desde a posse. Mudanças mais significativas, porém, vão precisar passar pelo crivo do Congresso Nacional. Entre as mudanças que entram em vigor a partir da assinatura do decreto está o período exigido para renovação da posse, que foi ampliado de cinco para 10 anos de validade. Além disso, a partir de agora, a autorização para o registro da posse não precisa mais ser feita por um delegado da Polícia Federal. A partir de agora, poderão pedir o registro de posse quem se enquadrar em uma das seguintes situações: - ser agente público, mesmo inativo, da área de segurança pública; ser militar ativo ou inativo; morar em áreas rurais; ser proprietário de estabelecimentos comerciais; ser colecionador, atirador ou caçador registrado no Comando do Exército; em residências onde vivam crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência mental, o proprietário será obrigado a ter um cofre ou outro “local seguro com tranca” para guardar a arma. Em uma análise superficial comprar uma arma simples que varia entre R$ 2.500 a R$ 3.600,com registro  vai desembolsar  cerca de R$ 5.000.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress