O Estado contra a sociedade - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O Estado contra a sociedade

Por: Elite FM
Publicado em 09/01/2019

É conhecida a obra do antropólogo francês Pierre Clastres intitulada “A Sociedade contra o Estado”, um estudo sobre índios da floresta amazônica e sua “recusa” da centralização política, daí a ideia de uma sociedade contra o Estado. Luiz Felipe Pondé fala do Estado brasileiro e sua cultura destrutiva da iniciativa dos cidadãos e de suas empresas em busca de melhorar a vida e avançar social e economicamente. Não existe avanço social sem avanço econômico. Veja algumas faces dessa fúria destrutiva. Você já se perguntou por que razão você nunca viu um americano (que não tem nenhuma “proteção trabalhista”) tentando entrar ilegalmente no Brasil? Se a “proteção do trabalhador” é tão essencial, por que razão você nunca viu casos de americanos vivendo aqui ilegalmente pra poder ter essa tal “proteção trabalhista”? A razão é simples: porque é melhor ter um mercado cheio de empregos do que um mercado cheio de passivo trabalhista. No Brasil dar emprego é coisa que devia entrar no processo canônico de santidade. Para além da questão trabalhista em si, a burocracia, a mentalidade de desconfiança contra a iniciativa privada é uma peste.O Estado nos vê como cidadãos hipossuficientes, uns retardados que precisam da tutela dele ou dos sindicatos. Os sindicatos lutam por favores e esquecem que há 36 anos não há aumento de produtividade. Em síntese: os sindicatos ficaram com os favores no discurso, mas os empregos  acompanharam as  centenas de empresas que saíram do Brasil. 


Fonte: Luiz Felipe Pondé e Elite FM