Os diferentes tipos de adubos - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Os diferentes tipos de adubos

Por: Elite FM
Publicado em 13/12/2018

 Adubo ou Fertilizante? Esses termos são sinônimos. Na realidade são uma espécie de rações usadas para simplesmente alimentar as plantas. As plantas têm quatro necessidades vitais para crescer: elas precisam de luz, água, um solo para desenvolver raízes e nutrientes. Quando este último está presente no solo, tudo vai bem, mas quando os nutrientes se esgotam, acabam, você deve repô-los. As quantidades a aplicar são de acordo com as necessidades específicas de cada planta. Existem três tipos diferentes de fertilizantes: minerais, orgânicos e organominerais. Os fertilizantes minerais são compostos por substâncias de origem mineral, assim produzidas pela exploração de depósitos naturais de diferentes rochas. Estes fertilizantes contêm os nutrientes primários NPK, nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K). As plantas que precisam mais de nitrogênio (N) são aquelas que essencialmente produzem folhas. Requerem mais fósforo (P) principalmente plantas com flores e frutos. Os fertilizantes orgânicos de origem vegetal são oriundos da compostagem de plantas, algas ou preparações como esterco, entre outros como lixo orgânico domiciliar. Os fertilizantes organominerais são compostos de substâncias minerais, bem como de substâncias orgânicas de origem animal ou vegetal.


Fonte: Acontece Comunicação