“Nem todo mundo é chamado à universidade”, diz futuro ministro da Educação - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

“Nem todo mundo é chamado à universidade”, diz futuro ministro da Educação

Por: Elite FM
Publicado em 08/12/2018

Em evento em Londrina, futuro ministro da Educação Ricardo Vélez Rodriguez, afirmou que os professores precisam abrir “mente e espírito” para ir além do marxismo e elogiou o modelo das escolas militares. Falou sobre reforma do ensino médio e a não obrigatoriedade de todos fazerem universidade,  projeto Escola Sem Partido, ensino a distância, escolas militares, gestão das universidades públicas e a discussão sobre gênero nas salas de aula.Sobre esse último, o futuro ministro foi enfático ao explicar por que não concorda com a abordagem do assunto nas escolas, pois  quem define o gênero é a natureza, é o indivíduo.Discutir isso nas escolas  é um tiro fora do alvo. O novo ministro  também  afirmou que nem todo mundo é chamado à universidade.” É bobagem pensar que a democratização da universidade universal é a finalidade. Não, nem todo mundo gosta de universidade. Eu acho que o segundo grau teria como finalidade mostrar ao aluno que ele pode por em prática esses conhecimentos e ganhar grana com isso”. Por fim, Rodriguez afirmou que a prioridade dele à frente do Ministério da Educação é possibilitar que os educadores “abram a mente e o espírito” para compreender que há outras formas de ensino e educação. 


Fonte: Gazeta do Povo