Por que os altos e baixos da economia são inevitáveis? - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Por que os altos e baixos da economia são inevitáveis?

Por: Elite FM
Publicado em 16/11/2018

Porque os bons momentos nos fragilizam. Muita gente me pergunta se não haveria uma forma de evitar as crises econômicas. Infelizmente, não. Mas, por que? O estado da economia, e o fato de ela melhorar ou piorar, afeta a confiança das pessoas e acaba determinando a ação dos agentes econômicos. Quando a economia melhora, as pessoas se sentem confiantes e gastam mais, o que faz com que a economia melhore ainda mais. Isso acaba criando um movimento que gera exageros, tanto para o lado positivo quanto para o negativo. Uma forma melhor de entender isso é pensar no que acontece com sociedades ao longo da história da humanidade. Quando determinadas sociedades viveram momentos difíceis, elas se tornaram mais fortes, porque sacrifícios são necessários e as pessoas se aproximam nesses momentos de dificuldade. Isso fortalece a sociedade e as próprias pessoas. A consequência é que elas criam situações melhores e não são mais necessários sacrifícios. Isso passado, a coesão social vai perdendo gradualmente a força e isso, aí sim, cria uma sociedade mais fragilizada. O resultado? Isso acaba levando a momentos difíceis depois. Com a economia acontece a mesma coisa. A melhora da economia leva a uma sensação de bem-estar, que leva a decisões associadas ao bem-estar, que reforçam a melhora da economia. Até que isso gera um extremo, um exagero, e o ciclo reverte. A Bíblia já fez menção aos períodos das vacas gordas e das vacas magras.


Fonte: Ricardo Amorim-GP