Políticos, supostos artistas e intelectuais passaram a ter ódio ao WhatsApp - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Políticos, supostos artistas e intelectuais passaram a ter ódio ao WhatsApp

Por: Elite FM
Publicado em 02/11/2018

O exemplo mais evidente da mudança de atitude da população, nestas eleições, aparece no  ódio ao WhatsApp  por parte de autoridades, políticos e intelectuais e artistas, porque o aplicativo de troca de mensagens permitiu exatamente romper o controle tirânico da informação e do conhecimento. Para essas elites, o WhatsApp se tornou um risco à democracia por supostamente servir como instrumento de desinformação e de disseminação de fake news, mas a verdade é o oposto disso: o aplicativo permite que a informação circule sem controle, cabendo a cada usuário a responsabilidade por averiguar, acreditar e repassar o que recebe. Mas os “donos do poder” têm horror à verdadeira liberdade e acreditam que ela só existe quando eles a controlam, “protegendo” o cidadão como se fôssemos vítimas ingênuas incapazes de discernir a verdade da mentira. Mas a realidade é outra, como uma das pesquisas Ibope indicou: 73% das pessoas ouvidas não receberam fake news contra candidatos e, das que dizem ter recebido, 75% disseram que isso não teve influência alguma em sua escolha. Ficou evidenciada a força das redes sociais, muito mais interessantes que as grandes rede de TV, jornais e revistas que se achavam donas da opinião pública. Esta é a nova realidade do Brasil.


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm