O que fazer se a sua conta no Facebook for uma das 30 milhões que tiveram dados vazados - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

O que fazer se a sua conta no Facebook for uma das 30 milhões que tiveram dados vazados

Por: Elite FM
Publicado em 20/10/2018
img
Jaap ArriensNurPhotoGetty Images)

Manter-se atualizado com os escândalos de privacidade do Facebook é basicamente um trabalho de tempo integral atualmente. Duas semanas atrás, a rede anunciou uma invasão enorme sem entrar em detalhes. Então o Facebook liberou mais informações, revisando estimativas anteriores sobre o número de usuários afetados e definindo exatamente quais tipos de dados dos usuários foram acessados. Aqui estão os principais detalhes que você precisa saber, bem como recomendações sobre o que fazer se sua conta for afetada.O número de usuários cujos tokens de acesso foram roubados é menor do que o estimado originalmente pelo Facebook. Quando o Facebook anunciou este incidente, afirmou que os invasores poderiam ter obtido indevidamente os tokens de acesso — “chaves” digitais que controlam suas informações de login e mantêm você conectado — de 50 a 90 milhões de contas. Desde então, investigações posteriores revisaram esse número para 30 milhões de contas. Os invasores conseguiram acessar uma quantidade incrivelmente ampla de informações dessas contas. As 30 milhões de contas comprometidas se enquadram em três categorias principais. Para 15 milhões de usuários, os invasores acessaram nomes e números de telefone, e-mails ou ambos (dependendo do que as pessoas listaram).Para 14 milhões, os invasores acessaram esses dois conjuntos de informações, bem como detalhes de perfil. Para o um milhão de usuários restantes cujos tokens de acesso foram roubados, os invasores não acessaram nenhuma informação. O Facebook está no processo de enviar mensagens para os usuários afetados (a mensagem acima). Enquanto isso, você também pode verificar a Central de Ajuda do Facebook para descobrir se sua conta estava entre os 30 milhões comprometidos.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem :Jaap Arriens/NurPhoto/Getty Images/Reprodução/veja.abril.com.br