Como deputados e senadores sequestraram o fundo de financiamento público eleitoral - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Como deputados e senadores sequestraram o fundo de financiamento público eleitoral

Por: Elite FM
Publicado em 06/10/2018

Criado para substituir as doações de empresas privadas e supostamente democratizar o processo eleitoral, o Fundo de Financiamento de Campanha foi, na prática, sequestrado pelos atuais deputados e senadores. Na Câmara dos Deputados, quem concorre à reeleição recebeu dos partidos – responsáveis pela distribuição dos recursos públicos – um valor 26 vezes maior do que a média dos demais candidatos. Os senadores que tentam a reeleição têm uma cota que representa quase cinco vezes a média dos demais 325 candidatos. Esse privilégio no acesso ao fundo deverá dificultar a renovação de um Congresso Nacional bastante desgastado por escândalos de corrupção e abusos com mordomias. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que já foi distribuído R$ 1,7 bilhão do Fundo de Campanha abastecido com dinheiro do contribuinte. Desse total, R$ 850 milhões foram destinados aos candidatos a deputado federal. Os 449  deputados federais que disputam a reeleição  receberam do  Fundo Partidário R$ 504 milhões. Uma média de R$ 1,12 milhão. Os demais candidatos ficaram com escassos R$ 42 mil, em média. ”São os hábitos das velhas raposas habituadas a um galinheiro farto e sempre com privilégio das galinhas mais gordas”.


Fonte: Gazeta do Povo