Compartilhar uma informação sem avaliar a veracidade é atestado de burrice”, dispara filósofo Fabiano de Abreu - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Compartilhar uma informação sem avaliar a veracidade é atestado de burrice”, dispara filósofo Fabiano de Abreu

Por: Elite FM
Publicado em 13/09/2018

O escritor, pesquisador político e filósofo Fabiano de Abreu, que trabalha com política no Brasil e em Portugal, analisou as informações logo após o atentado ocorrido pelo candidato à presidência Jair Bolsonaro. As pessoas criaram informações no Twitter, principalmente, alguns dizendo que aquilo foi armado e que ele não recebeu a facada como se toda a imprensa estivesse mentindo. Não existe nenhuma mentira que nós não possamos descobrir. O fake news, muito antes de falar na imprensa, está sendo mais pesado do que se imagina. Portanto nada foi resolvido em relação ao fake news. Fake News precisa ser considerado crime e precisa haver punições ou as proporções ficarão maiores”, lamenta o especialista que mora e é imparcial com relação a política brasileira e vota em Portugal. Fabiano de Abreu lembra que o Brasil tem um dos piores níveis de educação do mundo e que o nível de escolaridade é baixo ainda para os tempos atuais: “Devido ao nível de escolaridade do país e de conhecimento as pessoas acabam acreditando. Porque as pessoas que têm base de conhecimento apuram os fatos. Aquele que propaga o fake news é uma pessoa com falta de conhecimento, é burra e vai propagar algo sem apurar os fatos ou na maldade. Ou seja, olha que interessante: propagar o fake news é burrice ou maldade. 


Fonte: MF Press Global