Quase metade de professores entrevistados em pesquisa não recomendaria a própria profissão - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Quase metade de professores entrevistados em pesquisa não recomendaria a própria profissão

Por: Elite FM
Publicado em 05/08/2018

 O Brasil tem cerca de 2,2 milhões de professores, o que torna essa profissão a mais numerosa do país. Mas um levantamento feito pela organização Todos Pela Educação e pelo Itaú Social, com docentes da Educação Básica em todo o país, sugere que tem muito docente insatisfeito com a profissão. De acordo com a pesquisa, quase a metade dos entrevistados (49%) chegou a afirmar que não recomendaria a própria profissão. É o que explica a gerente de projetos da ONG Todos pela Educação, Caroline Tavares. “Os temas abordados iam em torno de atratividade da carreira, formação inicial, o que eles pensam da própria carreira e do seu desenvolvimento profissional e as reflexões deles sobre a gestão das políticas públicas do Brasil. Quando perguntados se eles indicariam a profissão para um jovem que queira seguir a carreira de professor, 49% dos entrevistados dizem que não. Não recomendam a carreira para ninguém. ”O estudo entrevistou mais de 2.100 profissionais da Educação Básica em redes públicas municipais e estaduais e da rede privada de todo o país. Desses, 33% afirmaram estar totalmente insatisfeitos com a atividade de docente e apenas 21% estão totalmente satisfeitos. Os motivos da insatisfação apontados são desvalorização (48% das respostas), má remuneração (31%), rotina desgastante (15%) e falta de infraestrutura e recursos (13%.Essa constatação revela que o processo de educação no Brasil, nesses 500 anos não conseguiu sequer chegar à evidência de que professor é a profissão que forma  todas as profissões.

 


Fonte: Agência do Rádio Brasileiro