Exame calcula a idade do corpo; e pode não ter nada a ver com o ano em que você nasceu - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Exame calcula a idade do corpo; e pode não ter nada a ver com o ano em que você nasceu

Por: Elite FM
Publicado em 29/07/2018

 Mesmo que o paciente tenha uma idade de nascimento de 30 anos, o organismo, a partir das células, pode indicar uma idade bem mais avançada. A idade calculada desde quando nascemos não representa, necessariamente, a idade do nosso corpo. As nossas escolhas de vida, especialmente quando optamos por uma alimentação não tão saudável e excluímos o hábito de fazer exercícios físicos, envelhecem as células em uma velocidade bem maior que os aniversários. Recém-chegado ao Brasil, o exame da telomerase consegue identificar qual é a “idade” celular e alertar quem precisa mudar de hábitos urgentemente. O exame, realizado apenas em dois laboratórios no Brasil por enquanto e que custa R$ 2 mil, exige a coleta de sangue do paciente que, depois, é enviado a um laboratório de diagnósticos na Espanha – país referência nos exames de telomerase. Do sangue, o especialista verifica a qualidade e o tamanho das capas que encobrem os cromossomos, ou os telômeros – sequências repetidas de DNA dispostas nas extremidades desses cromossomos. São analisados mais de 100 mil telômetros do nosso corpo, o que permite dizer se a pessoa de 30 anos, por exemplo, tem uma idade “interna” semelhante ou não. Como os telômeros vão encurtando conforme o passar do tempo, isso torna possível mensurar o envelhecimento. Ao contrário do que o senso comum possa achar, uma vez descoberta a idade do corpo, se for muito discrepante da idade de nascimento da pessoa, há medidas que podem ser tomadas de forma a “rejuvenescer” por dentro.


Fonte: Gazeta do Povo