“Ouro azul”: corrida do cobalto ameaça futuro do carro elétrico - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

“Ouro azul”: corrida do cobalto ameaça futuro do carro elétrico

Por: Elite FM
Publicado em 27/07/2018

Antes rejeito na extração do níquel, o cobalto virou pivô de uma nova corrida na mineração que ameaça o futuro do carro elétrico. Hoje, uma pessoa que tem um tablet, um laptop, celular e uma furadeira, por exemplo, consome menos de 200 gramas de cobalto por ano. Se essa mesma pessoa compra um carro elétrico, o consumo sobe para ao menos 10 kg. Só que a extração do minério tem alguns nós, entre eles o fato de mais da metade das reservas mundiais estarem na República Democrática do Congo, país politicamente instável e com problemas de exploração infantil, segurança e disputas tribais.A indústria de carros elétricos deve multiplicar por quatro a demanda por cobalto, nos próximos anos. A previsão é de que o consumo do metal chegue a 450 mil toneladas, em 2030. A perspectiva disparou uma corrida pela matéria-prima, fundamental para a produção das baterias dos novos carros. No Brasil, a Vale abandonou planos de vender ativos no segmento e já estuda ampliar a produção de cobalto, apurou o Estadão/Broadcast. A britânica Horizonte Minerals é outra que estuda o potencial do metal no plano de desenvolvimento de duas minas de níquel no Brasil.



Fonte: Gazeta do Povo