Acordão eleitoral pode ser ruim para a economia - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Acordão eleitoral pode ser ruim para a economia

Por: Elite FM
Publicado em 24/07/2018

É a nata do fisiologismo que não mede consequências para se manter. A massa disforme de partidos chamada de “centrão” está prestes a anunciar seu apoio à candidatura do tucano Geraldo Alckmin. A notícia foi bem recebida pelo mercado, mas esta reação não é um bom termômetro do significado econômico do apoio do centrão a Alckmin. O bloco é composto por partidos que são a nata do fisiologismo, como PP, PR, DEM, SD e PRB. Faltou só o MDB, que foi isolado para não contaminar os planos do centrão com a impopularidade do presidente Michel Temer. Caberá ao ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles carregar esse fardo com dinheiro do próprio bolso. A conversa do PSDB com o centrão já dá mostras de como não é o programa para a economia a cola que os une. Uma das moedas de troca na mesa de negociações é a volta do imposto sindical, uma reivindicação dos sindicatos ligados ao Solidariedade. Na verdade essa composição é um saco de gatos e raposas que pretendem se unir para continuar no mesmo sistema do troca-troca e acobertar a corrupção do passado ou seja, fisiologismo total.(


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm