Próximo presidente pode indicar até 5 nomes para o STF; por que o eleitor deve se preocupar - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Próximo presidente pode indicar até 5 nomes para o STF; por que o eleitor deve se preocupar

Por: Elite FM
Publicado em 07/07/2018
img

Escolher aliados para o Supremo Tribunal Federal será uma das principais preocupações do próximo presidente – o que pode ser prejudicial para o país. Em tempos de eleições presidenciais, é natural que os eleitores se voltem, de forma majoritária, às propostas dos candidatos, em especial nos campos social e econômico. Nesse processo, entretanto, um ponto importantíssimo costuma ser ignorado pelos brasileiros: quantos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) o próximo chefe do Executivo nacional poderá indicar, e qual deve ser o perfil desses indicados. O presidente eleito em 2018 escolherá a dedo os dois ou cinco ministros que deverá indicar ao Supremo Tribunal Federal (STF) nos próximos anos. Como o tribunal é peça-chave no julgamento de políticos e partidos nas denúncias de corrupção, quem assumir o Palácio da Alvorada em 2019 estará preocupadíssimo em colocar pessoas de sua confiança. O sistema de escolha  dos ministros do STF é completamente avesso à democracia e atrelado à cultura do “toma-lá-dá-cá”  cujas decisões em libertar presos  da classe política  estão revoltando a sociedade. Ministro do STF deveria ser por concurso, retidão de vida e capacidade jurídica comprovada e não por mera indicação do presidente. Também não poderia ser um cargo vitalício. O STF também deveria estar ciente de que Justiça que tarda,falha e fazer com que a exemplaridade das penas tenha também o objetivo pedagógico.


Fonte: Gazeta do Povo e Rádio Elite Fm

Fonte das fotos: Imagem Photo Digital/Reprodução/Internet/Supremo Tribunal Federal