Mais de 400 mil pessoas não sabem ler nem escrever no Paraná - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Mais de 400 mil pessoas não sabem ler nem escrever no Paraná

Por: Elite FM
Publicado em 03/07/2018

Dificuldades de leitura e escrita expõem a fragilidade dos processos de alfabetização. Um dos principais problemas da Educação Básica no país, a dificuldade de leitura e escrita é motivo constante de preocupação entre os educadores. Dados da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA) mostram que mais da metade dos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental da rede pública têm níveis de leitura considerados insuficientes. Quando se trata da escrita, mais de um terço estão defasados. São estudantes que estão matriculados e frequentam a escola diariamente, mas não sabem ler e escrever como deveriam. Em alguns casos, sabem ler, mas não compreendem o que lêem; em outros, escrevem, mas cometem erros básicos de ortografia e gramática. A avaliação nacional, realizada em 2016 com mais de 2 milhões de crianças, aponta que 55% dos alunos tiveram desempenho insuficiente em leitura e 34% em escrita. No Paraná, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), de 2016, apontou que existem 403 mil analfabetos no estado. O que representa 4,5% da população paranaense. Especialistas afirmam que os problemas começam com processos inadequados de alfabetização.O TSE revela que cerca de 80% dos eleitores brasileiros são analfabetos  funcionais, ou seja, não sabem emitir um juízo de valor. Esse é o principal problema do Brasil nessas eleições. 


Fonte: Central Press