Quase 60% dos senadores respondem a acusações criminais. Para senadoras, índice fica abaixo de 40% - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Quase 60% dos senadores respondem a acusações criminais. Para senadoras, índice fica abaixo de 40%

Por: Elite FM
Publicado em 18/06/2018
img

Que vergonha ! São os representantes que nós elegemos  e agora temos o dever de   retirá-los do lugar onde nunca deveria estar.Uma das poucas investigadas no Senado é a petista Gleisi Hoffmann (PR), que também é a única ré entre elas e responde a outros três inquéritos. Corrupção é também uma questão de gênero? Difícil responder à pergunta de modo definitivo, mas alguns números sugerem, sim, que os homens estão mais sujeitos a envolvimento com práticas delituosas. Levantamento do Congresso em Foco mostra que 39 dos 68 senadores (57,4%) respondem a acusações criminais. Entre as 13 senadoras, 5 estão sob investigação (38,5%). Delas, apenas Gleisi Hoffmann (PT-PR) é ré, ou seja, alvo de ação penal, processo que pode resultar em condenação. Já na bancada masculina, são oito réus.Esse quadro é que os eleitores devem obsevar. Quase 60% dos atuais senadores e cerca de 40% das atuais senadoras estão sob investigação e 30% das deputadas  também  estão sob pendências judiciais e a cifra de deputados é de 35,2% e todo mundo sabe onde há fumaça há fogo.Esses são os  candidatos que não merecem votos.


Fonte: Congresso em Foco e Elite FM

Fonte das fotos: Imagem Photo Digital/Reprodução/internet/Senado Federal