A cultura do atraso custa caro ao Brasil - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

A cultura do atraso custa caro ao Brasil

Por: Elite FM
Publicado em 13/06/2018

As decisões de governo são capazes de conduzir o país à prosperidade ou lançar a nação no buraco do atraso e da pobreza. O Brasil ainda não conseguiu superar problemas do século 19, como o analfabetismo, o acesso a esgoto e a construção de moradia digna para todos os habitantes. Nos últimos meses, há dois temas recorrentes nas discussões prévias em face das eleições de outubro: aumento de impostos e reforma dos sistemas de Previdência Social privada e pública. As duas discussões – que deverão se acirrar com a aproximação da campanha eleitoral – vêm ocorrendo na contramão da realidade nacional e do que está ocorrendo no resto do mundo. Quanto ao aumento de impostos, parece que os políticos, de esquerda ou de direita, não entenderam que hoje não há mais o conceito de “empresa competitiva” e “empresa não competitiva”, mas sim o conceito de “país competitivo” e “país não competitivo”. Nenhum país que queira se desenvolver pode estabelecer um sistema tributário alheio ao que acontece no mundo em termos de carga tributária e tipos de impostos. Se o país tributar pesadamente a produção e o consumo de bens e serviços, de forma a onerá-los mais do que as demais nações o fazem, os produtos nacionais perdem capacidade de competir no mercado internacional e isso é uma estrada aberta para o atraso. 


Fonte: Gazeta do Povo