Governo apura irregularidades em 160 obras em escolas públicas do Paraná - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Governo apura irregularidades em 160 obras em escolas públicas do Paraná

Por: Elite FM
Publicado em 24/05/2018

Sindicâncias dentro do governo só engataram após a deflagração da Operação Quadro Negro, em julho de 2015. As irregularidades reveladas há três anos pela Operação Quadro Negro, que investiga o desvio de recursos de construções e reformas, podem ter atingido 160 obras em escolas públicas do Paraná desde 2012. Esse é o volume de contratos que foram colocados sob suspeita pelo governo do estado depois da deflagração da operação. Nesses três anos, o governo abriu 62 sindicâncias para apurar má prestação de serviços em escolas estaduais – colocando 160 contratos em suspeita. Os dados foram obtidos pela reportagem via Lei de Acesso à Informação, depois complementados junto à Secretaria de Estado da Educação (Seed). O Gepatria também apura o envolvimento de mais 13 construtoras no esquema de desvio de dinheiro público destinado a reformas, ampliações ou construções em escolas estaduais. Apenas uma das nove construtoras alvo de sindicância da Seed não foi punida administrativamente. Ao todo, 160 obras em escolas públicas no Paraná podem ter sido prejudicadas por esquemas de corrupção ou prestação de serviço insuficiente. Uma dessas escolas  é de Coronel Vivida,que tendo apenas algumas paredes construídas foi  anunciada   como pronta.


Fonte: Gazeta do Povo