A era do dinheiro grátis acabou e você nem viu a cor dele - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

A era do dinheiro grátis acabou e você nem viu a cor dele

Por: Elite FM
Publicado em 20/05/2018
img
Imagem:Internet/Gazeta do Povo

Esta fase explica claramente que o governo Lula não entendeu esta lição e o Brasil teve a sensação falsa de progresso. O dólar está se fortalecendo no mundo todo e isso pode ser traduzido em uma frase: acabou a era do dinheiro grátis. Foram dez anos até chegarmos a esse momento. Quem não aproveitou, perdeu a chance. Os juros no mundo rico chegaram a cair abaixo de zero por um bom tempo depois da crise de 2008. Sempre houve muito ceticismo sobre a capacidade, em especial dos EUA e Zona do Euro, de sustentarem taxas incrivelmente baixas por muito tempo. O papo de que a inflação uma hora seria um problema data de 2009, mais ou menos. Na época se falava em como o Fed, o banco central americano, desarmaria todo seu arsenal de estímulo econômico. Mas isso demorou tanto que quase esquecemos que uma hora a política monetária nesses lugares voltaria ao normal. O mundo aproveitou bem os juros ultrabaixos. Eles permitiram que diversos países, alguns deles muito afetados pela crise global, engatassem quase uma década de crescimento. O Brasil, infelizmente, ficou fora da festa. Está mais próximo dos infelizes da Europa – como Grécia e Itália – do que dos emergentes ágeis – China, Índia, Indonésia e Vietnã. Enquanto o dinheiro quase de graça circulava pelo mundo, entramos no sonho do desenvolvimentismo do governo Lula e Dilma Rousseff,que não entenderam absolutamente nada da macroeconomia mundial e achavam que eles seriam os responsáveis pela fartura. Não vimos a cor do dinheiro que poderia ter garantido um salto de desenvolvimento. Qual a diferença? Com crescimento na média mundial entre 2011 e 2022, o PIB brasileiro cresceria 53%. Devemos nos contentar com algo em torno de 12%.Em outras palavras, não fizemos os ajustes e perdemos uma oportunidade que outros emergentes agarraram e ficamos na ilusão da farra populista de Lula e Dilma e com a infraestrutura sucateada e o fracasso do Brasil foi se acentuando e está hoje com mais de 27,7 milhões de brasileiros na subutilização da força de trabalho.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem:Internet/Gazeta do Povo