Empresas ignoram profissionais mais velhos (e dão tiro no próprio pé) - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Empresas ignoram profissionais mais velhos (e dão tiro no próprio pé)

Por: Elite FM
Publicado em 16/05/2018
img
Imagem/Reprodução/Internet/www.institutoliberal.org.br

Estudo da Fundação Getulio Vargas mostra que apenas 10% das empresas possuem alguma política de contratação de profissionais mais velhos, acima dos 50 ano. Dentro de 20 e poucos anos, até 2040, quase 60% da população brasileira em idade ativa deverá ser formada por pessoas com mais de 45 anos de idade, segundo projeção do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Se atualmente um em cada dez brasileiros tem 60 anos ou mais, em 2060 os idosos serão um em cada três brasileiros. Essa estimativa de inversão da pirâmide representa um desafio e tanto para o mercado de trabalho do Brasil, mas a maioria das empresas parece não estar preocupada com isso. Um estudo realizado pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV-Eaesp) com 140 empresas mostrou que apenas 10% delas possuem alguma política de contratação de profissionais mais velhos, acima dos 50 anos. Um número menor ainda, 6%, oferta planos de carreira diferenciados para esse público. Além disso, pouquíssimas companhias têm práticas de integração entre profissionais mais maduros e mais jovens, como uma forma de estimular a troca de conhecimento e experiências entre eles. Na visão dos respondentes os mais idosos  são mais comprometidos com o trabalho, fiéis à empresa e têm mais controle emocional que seus pares mais jovens, atributos atemporais muito valorizados no mercado de trabalho.


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem/Reprodução/Internet/www.institutoliberal.org.br