A nova economia venezuelana: “eu cortarei seu cabelo por cinco bananas e dois ovos” - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

A nova economia venezuelana: “eu cortarei seu cabelo por cinco bananas e dois ovos”

Por: Elite FM
Publicado em 15/05/2018

Venezuelanos aderem ao escambo como forma de garantir as necessidades essenciais. Outro dia troquei uma baguete por um estacionamento. Funcionou brilhantemente. Eu tinha tempo, mas, como de costume, não tinha bolívares. O atendente do estacionamento só tinha algumas contas, mas não tinha a oportunidade de ir à padaria ali perto nos raros momentos em que ela colocava seu pão favorito à venda. O negócio que fizemos: ele me deixou sair do meu carro e eu voltei com um pão extra, pago com o meu cartão de débito. Ele me reembolsou, dando um bônus de troca.É assim que fazemos em nossa economia em colapso. Se alguém tem muito de algo e muito pouco de outra, um acordo pode ser feito. Já troquei, com amigos do ensino médio, farinha de milho por arroz; ovos por óleo com minha cunhada, Vendedores de rua também se dedicam às trocas. Por exemplo, um quilo de açúcar como forma de pagamento por um de farinha. Há páginas no Facebook e salas de bate-papo dedicadas à troca de tudo, desde pasta de dente até alimentos infantis. Um barbeiro no campo corta o cabelo por mandiocas, bananas ou ovos.  Esse é o paraíso bolivariano, instalado na Venezuela, que Lula e Dilma queriam implantar no Brasil e na América Latina.Quem defende o bolivarianismo que Lula pretendia instalar,é por estar completamente desinformado e aconselha-se que verifique o que se passa na Venezuela.


Fonte: Gazeta do Povo