A China está pronta para dizer tchau para dinheiro e cartões de crédito - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

A China está pronta para dizer tchau para dinheiro e cartões de crédito

Por: Elite FM
Publicado em 05/05/2018
img
Dinheiro e cartões de crédito são coisas do passado na China.Tudo se paga pelo aplicativo Ali Pay/UOL

Na última década,na China,não só as placas se tornaram bilíngues quanto os meios de pagamento passaram por uma revolução inédita no mundo. Um estudo publicado pela consultoria e Marketer, em março deste ano, revela que mais de 80% dos 712 milhões de cidadãos que usam smartphone no país usam serviços de mobile payment em seu dia a dia. Na China, paga-se de tudo com os aplicativos do Ali Pay, do grupo Alibaba, ou WeChat Pay, da Tencent. Por tudo, entenda-se desde a aquisição de um automóvel na concessionária até a esmola paga aos pedintes das grandes metrópoles. O método de uso é simples e rápido. Lojistas, ambulantes, restaurantes, taxistas ou prestadores de serviço carregam consigo um QR Code impresso, em cartão de papel ou colado sobre os balcões de atendimento, no caso de lojas físicas. Tal QR code aponta para uma conta virtual em serviços como Ali Pay, por exemplo, e ao escaneá-lo, com seu smartphone, o consumidor transfere, em frações de segundo, dinheiro de sua carteira virtual para a carteira do vendedor.  O processo é tão rápido que as filas em caixas diminuíram sensivelmente após a adoção desta tecnologia, extremamente popular na China. Entre as vantagens da tecnologia, está o fato de dois celulares comunicarem-se entre si, sem a necessidade de conectarem-se a servidores remotos, o que frequentemente gera lentidão quando usamos, por exemplo, nossos cartões de débito com chip, no Brasil. De acordo com um estudo publicado, este mês, pelo Banco do Povo da China, só nos últimos 10 meses, o equivalente a US$ 8 trilhões foi movimentado em pagamentos móveis.  Para usar tais serviços, basta ter um celular, um app instalado e carregá-lo com recursos de sua conta corrente. Neste método, carrega-se antes o celular e gasta-se depois.  Rápido como uma selfie: pagamento mobile está em todos os locais na China.


Fonte: UOL

Fonte das fotos: Imagem Photo Digital/Reprodução/UOL