Advogados dão nota 3 para Justiça brasileira, aponta pesquisa da Fundace/USP - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Advogados dão nota 3 para Justiça brasileira, aponta pesquisa da Fundace/USP

Por: Elite FM
Publicado em 25/04/2018

“Justiça que tarda falha” e nossa Justiça vai devagar quase parando.Realizado desde 2010, índice aponta morosidade, desigualdade de tratamento e alto custo como principais pontos fracos; foram ouvidos 644 advogados; margem de erro é de 3,9%.Em um índice que varia de 0 a 100 pontos, os advogados brasileiros dão nota 31,7 para a confiança que possuem na Justiça brasileira. Este é o resultado apontado pelo indicador final do Índice de Confiança dos Advogados na Justiça, pesquisa elaborada desde 2010 pela Fundace (Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia, ligada aos professores da USP.A pesquisa  tem  por objetivo  identificar e quantificar parâmetros que pesam na percepção de confiança na justiça. Na comparação com a primeira pesquisa, divulgada em 2011, houve queda de 1 ponto, com o indicador reduzindo de 32,7 para 31,7.O indicador é composto por sete índices calculados de acordo com respostas dos advogados para questionamentos sobre: igualdade de tratamento, eficiência, honestidade, rapidez, custos, acesso e expectativa quanto ao futuro da Justiça brasileira. A rapidez para tratar os litígios foi o índice que obteve a pior pontuação, classificada em lenta ou muito lenta e sabe-se que a própria ministra do STF disse que “justiça que tarda, falha.” O índice relativo à igualdade de tratamento recebeu a segunda pior nota o que afronta a  constituição que diz “Todos são iguais perante a lei”.O quesito eficiência da Justiça também  baixou a media. Com relação à honestidade, 56,7% dos entrevistados a consideram pouco honesta. As opiniões também se mostraram negativas quanto à perspectiva para a Justiça nos próximos cinco anos.


Fonte: OPA Assessoria