Não vai dar para esconder: as relações dos candidatos ao governo do Paraná com o PT de Lula - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Não vai dar para esconder: as relações dos candidatos ao governo do Paraná com o PT de Lula

Por: Elite FM
Publicado em 23/04/2018
img
Lula e Ratinho em foto de 2012. Divulgação/Arquivo/Gazeta do Povo

 Fora Roberto Requião, que é bastante próximo ao PT, Ratinho Jr., Cida Borghetti e Osmar Dias não fazem questão de lembrar os momentos de apoio à legenda. Apesar de estar preso na sede da Polícia Federal em Curitiba Lula deverá ser o maior cabo eleitoral das eleições deste ano. E segundo analistas, Lula seria o boi de piranha, para o PT através o rio das eleições. No Paraná, porém, os principais concorrentes ao governo do estado ? com exceção do senador Roberto Requião – tentarão fugir de qualquer ligação com o petismo. Mas nenhum deles conseguirá apagar o passado e as relações que mantiveram com o PT em algum momento nos últimos 15 anos. Hoje deputado estadual, Ratinho Jr.  apoiou Lula no segundo mandato e Dilma Rousseff  no primeiro. O pai dele, o apresentador Ratinho, nunca escondeu manter uma relação de amizade com Lula. No mesmo ano, Ratinho fez uma entrevista de 40 minutos no SBT com Lula, que trouxe a tiracolo o então candidato a prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) – todos acabaram multados por propaganda antecipada pela Justiça Eleitoral. A ligação da família com o núcleo petista ficou estremecida quando a senadora Gleisi Hoffmann disse que Fruet era um candidato com “nome e sobrenome”, descartando Ratinho Jr. Viraram inimigos a ponto de o apresentador dizer: “ Eu quero que ela morra”, em entrevista à Revista Piauí. Já a governadora Cida Borghetti (PP) fez parte da base de apoio de Dilma na Câmara entre 2011 e 2014, quando foi deputada federal.

Osmar Dias (PDT), por sua vez, está filiado a um dos partidos que tem defendido Lula das investigações da Operação Lava Jato e em  2010 pediu votos para Dilma.

 


Fonte: Gazeta do Povo

Fonte das fotos: Imagem Photo Digital/Reprodução/Divulgação/Arquivo/Gazeta do Povo