Cenário funk de letra erótica parece não ter limites - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Cenário funk de letra erótica parece não ter limites

Por: Elite FM
Publicado em 14/03/2018

 A junção de uma batida viciante unida a uma letra fortemente sexualizada, em que a mulher é um mero objeto nas mãos do homem, facilita essa tendência de utilizar a mulher como um mero meio de satisfação da lascívia masculina. E das meninas se submeterem a isso.“As letras objetificam a mulher como uma espécie de presa sexual a ser abatida pela ingestão alcóolica e, depois, consumida pela conjunção carnal”, afirma André Gonçalves Fernandes, doutor em Filosofia da Educação, juiz da infância e da adolescência e professor da Unicamp. Essas músicas, continua o professor, “situam o potencial estuprador e a potencial vítima num limite muito próximo à atualização do crime, regado por um clima libertino de performance cênica  e por muitas drogas lícitas e ilícitas”. Como o instinto sexual é um dos mais fortes para o ser humano, esse tipo de estímulo pode levar ao descontrole e a abusos cada vez maiores. 


Fonte: Gazeta do Povo