Polêmica sobre voto impresso movimenta Brasília; TSE classifica medida como “retrocesso” - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Polêmica sobre voto impresso movimenta Brasília; TSE classifica medida como “retrocesso”

Por: Elite FM
Publicado em 09/03/2018
img
Imagem:Internet/Facebook /Voto impresso

O Tribunal Superior Eleitoral  um parecer ao Supremo Tribunal Federal  elencando diversos riscos, problemas e dificuldades na implantação do voto impresso nas eleições de outubro deste ano. Elaborado pela assessoria jurídica da Corte eleitoral, o parecer afirma que a nova regra, aprovada em 2015 pelo Congresso, representa “inegável retrocesso no processo de apuração das eleições”. Além disso, coloca em risco o segredo do voto “sem aparente utilidade concreta”. Entre os argumentos elencados pela PGR estão o comprometimento do sigilo do voto para eleitores cegos e analfabetos, já que seria necessário o auxílio de outras pessoas no momento da conferência. O professor de Ciência da Computação da Universidade de Brasília Pedro Dourado Rezende diz que a urna eletrônica é falha, pois não permite a auditagem dos votos. E acrescenta: “O BU (Boletim da Urna) impresso pela urna pode fazer a verificação de que a totalização está correta, mas ele não tem absolutamente nenhum efeito para verificar se o software está contabilizando os votos que foram praticados naquela urna corretamente”.O que instiga essa questão é por que EUA, Reino Unido, Alemanha, França e outros países de primeiro mundo não adotaram urna eletrônica. Por serem atrasados, que não é.


Fonte: Agência do Rádio Brasileiro e Elite FM

Fonte das fotos: Imagem:Internet/Facebook /Voto impresso