Religião explica o embarque de milhares de bois brasileiros vivos para o exterior - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Religião explica o embarque de milhares de bois brasileiros vivos para o exterior

Por: Elite FM
Publicado em 18/02/2018

Países islâmicos preferem animais vivos por questões religiosas, que estabelecem critérios específicos, da criação até o abate. A venda de gado vivo por frigoríficos brasileiros ganhou os holofotes no início deste mês, quando duas organizações não governamentais conseguiram decisões judiciais que impediram que um navio carregado com 25 mil animais seguisse viagem à Turquia. A embarcação acabou sendo liberada, em função de um recurso do governo federal. O caso jogou luz sobre um setor que vem crescendo cerca de 20% ao ano e se tornou alternativa de receita para pecuaristas e empresas de alimentos, como a Minerva Foods. Entidades ligadas ao bem-estar animal, porém, pretendem continuar a tentar barrar a atividade. O Brasil tinha como mercado comprador de bois vivos a Venezuela, mas como está falida, foi afastada dos negócios. Para viabilizar a venda ,os pecuaristas buscaram o mercado  da religião islâmica. “É um nicho alimentado por questões religiosas. Pode ser boa opção para quando os preços estão ruins, pois vender boi vivo não agrega valor ao produto”, dizem os pecuaristas. As cenas de horror com os animais  dentro dos navios  despertou a atenção  das entidades protetoras de animais para que haja um mínimo de respeito com os animais e que sejam tratados de forma decente. Não há religião nenhuma que possa permitir a crueldade com animais.


Fonte: Gazeta do Povo