Um absurdo de uma política sem rumos: Fila para novos partidos no TSE tem 73 pretendentes. - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Um absurdo de uma política sem rumos: Fila para novos partidos no TSE tem 73 pretendentes.

Por: Elite FM
Publicado em 11/02/2018

 Quem considera exagero o número de partidos existentes no Brasil ficará surpreso se fizer uma consulta ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para saber quantas novas legendas estão em processo de formação no país. De acordo com uma planilha divulgada pelo tribunal, 73 agremiações comunicaram à Justiça Eleitoral que já obtiveram registro em cartório, primeiro passo para se transformar em partido político. Do total de pretendentes, dois pediram registro do estatuto ao TSE, o que daria a eles a condição de disputar eleições deste ano: o partido Igualdade (IDE) e o do Partido Muda Brasil (MB), uma sigla declaradamente de apoio à candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) à Presidência da República. Hoje, o Brasil tem 35 partidos aptos a lançar candidatos para disputar as eleições em 7 de outubro deste ano. Esse número poderia triplicar caso todas as novas siglas conseguissem o registro em tempo hábil. Mas a tramitação do registro não é rápida e há uma série de requisitos a serem atendidos. A situação é lastimável sob todos os aspectos quando se sabe que partidos  e políticos são as duas classes mais  desacreditadas do país. Partidos viram balcões de negociatas tramoias de interesseiros que nada têm a ver com o bem do país. A sociedade espera que a Justiça interrompa essa maracutaia de criação de partidos sem eira nem beira. Que absurdo: 73 novos partidos em andamento além dos 35 existentes. Até parece que  criar partido político seja o mesmo que  abrir um “ boteco de esquina”. 


Fonte: Gazeta do Povo e Elite Fm