Frango a preço de picanha? Por que a carne orgânica ainda custa tão caro - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Frango a preço de picanha? Por que a carne orgânica ainda custa tão caro

Por: Elite FM
Publicado em 05/02/2018

Exigências de bem-estar animal, certificações e análises encarecem a produção, mas é a alimentação diferenciada que mais pesa no custo final do frango orgânico. Criar frango à moda antiga, com um quintal para a ave ciscar e expressar seu comportamento natural (o famoso voo da galinha), sem o uso de antibióticos e oferecendo apenas grãos orgânicos como alimento, custa caro. Mas tem muita gente disposta a pagar por isso. Basta ver que a principal empresa de frango orgânico do país, a Korin, do interior de São Paulo, cresceu 540% nos últimos dez anos. Saiu de um faturamento de R$ 20 milhões em 2007 para R$ 138 milhões no ano passado. Para o consumidor, alguns cortes do frango orgânico chegam a preço de picanha. Em Curitiba, por exemplo, uma loja no Mercado Municipal cobra R$ 48,00 o quilo do peito. Se for coxa ou o meio da asa, o preço cai um pouco: R$ 21,50/kg. Quem quiser levar o frango inteiro pagará R$ 30,50/kg, cerca de seis vezes mais do que o frango comum. “O milho e a soja orgânica têm preço 200% mais caro do que o convencional e é motivo que encarece o preço.


Fonte: Gazeta do Povo