“Esquerdomachos”: quem são eles e por que estão ganhando péssima fama - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

“Esquerdomachos”: quem são eles e por que estão ganhando péssima fama

Por: Elite FM
Publicado em 02/02/2018

A expressão tem ganhado espaço no mundo das indiretas nas redes sociais e foi parar na boca de feministas como a famosa youtuber JoutJout, mas as tensões entre a esquerda e o feminismo não são recentes. No ano em que o movimento contra os casos de abuso e assédio sexuais ganhou voz e derrubou figurões importantes no Ocidente, o radar contra o machismo ficou ainda mais calibrado.A enorme quantidade de relatos de mulheres denunciando atitudes machistas de seus parceiros gerou o termo “esquerdomacho, expressão que se refere a um homem de ideais progressistas, com inclinações políticas de esquerda e que se diz defensor dos direitos das mulheres, mas que se contradiz em suas atitudes em relação às mulheres com quem convive. São aqueles que muitas vezes querem ser protagonistas no discurso sobre o feminismo, mas que no seu cotidiano oprime a mãe, a namorada, a esposa. É aquele militante de esquerda que diz defender a causa, mas que não paga a pensão dos filhos, para citar um exemplo”, explica a jornalista e militante feminista Paula Guimarães.  “Esquerdomacho” surgiu pela primeira vez, mas os primeiros registros de buscas no Google são de 2014.Em sociedade em que a educação implantou a criticidade, os juízos de valor,a convivência entre  os dois sexos permite avanços positivos comuns sem esta relação de antagonismos improcedentes.


Fonte: Gazeta do Povo