Estudo: 85% dos professores de História são de esquerda - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Estudo: 85% dos professores de História são de esquerda

Por: Elite FM
Publicado em 26/01/2018

 Segundo pesquisadores, a visão política não necessariamente significa doutrinação em sala. A posição ideológica dos professores tem ganhado destaque no debate público nos últimos anos. Há poucos estudos dedicados a mapear as preferências políticas dos professores. Um deles, entretanto, traz resultados significativos. Uma dupla de pesquisadores realizou um levantamento com 288 professores de História de Brasil, Argentina Uruguai, Paraguai e Chile. O resultado: 84,5% dos professores brasileiros disseram preferir siglas de esquerda ou centro-esquerda.  O centro, a centro-direita e a direita, somados, corresponderam a 15,5% das respostas. Em nenhum dos países participantes a maioria dos professores de História disse votar em algum partidos de direita. Uma das autoras do artigo, a historiadora Caroline Pacievitch revela que nenhum dos professores “sai de uma interpretação correta do ponto de vista científico”. Não há efetiva criticidade para pender para a esquerda. Um bom professor é aquele que, para além de sua posição, trabalha de forma completa os assuntos. O docente assumir claramente uma ideologia não é um problema – fazer proselitismo e ativismo político dentro da sala de aula, porém, é algo comprometedor. 


Fonte: Gazeta do Povo