Bitcoin é o negócio desta empresa de Curitiba - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Bitcoin é o negócio desta empresa de Curitiba

Por: Elite FM
Publicado em 24/01/2018

Empresa de Curitiba lança banco, serviço de câmbio, imobiliária e prepara cartão de crédito movimentados apenas com criptomoedas. Três jovens funcionárias, na casa dos 20 anos, olham para uma tela com certo tom de incredulidade. Quatro gráficos mostram a cotação em tempo real de quatro moedas digitais, a mais famosa delas o bitcoin. O principal serviço desta startup não é exatamente uma coisa nova. Já existem sites gringos que fazem. Mas é novidade por aqui e chama a atenção por ter um espaço físico, coisa raríssima quando se fala de ativos virtuais. O Bitcoin Banco é o primeiro brasileiro a tratar as criptomoedas mais ou menos como um banco tradicional trata seu dinheiro. O cliente abre sua conta e deposita, por exemplo, um bitcoin. Essa moeda precisa ficar lá por pelo menos seis meses. Enquanto isso, o banco vai pagando os rendimentos , mais ou menos como uma poupança. E dali vem o faturamento da instituição: a empresa vai vendendo e comprando bitcoins no mercado, aproveitando as baixas e fazendo dinheiro na alta. O bitcoin tem vários picos, 24 horas por dia, com possibilidade de ganhos muito mais altos do que a Bolsa de Valores convencional”, explica a vice-presidente. O esquema é de negociação online. Além disso, a empresa prepara um cartão de crédito, o OpenCoins, para levar a moeda virtual ao mundo real. Ou seja, o usuário paga o cafezinho com seu cartão de crédito. Basta esse varejo admitir pagamentos em criptomoeda. A tarjeta está na incubadora. Não é um jogo ganho. É uma aposta que depende de muitos fatores.


Fonte: Gazeta do Povo