Os negócios estão acabando com a alegria do futebol - Elite FM 101.7 - Energia positiva no ar!

Os negócios estão acabando com a alegria do futebol

Por: Elite FM
Publicado em 16/01/2018

O Real Madrid acenou com a possibilidade de pagar até um 1,5 bilhão de euros para ter Neymar na sua equipe. A triste realidade é que os negócios estão acabando com a alegria do futebol .Não que o futebol esteja perdendo a graça, mas com certeza diminuiu bastante aquele prazer original de o torcedor vibrar com um ídolo, com um time ou simplesmente cultivar a alegria de comemorar a marcação de um gol. O gol não é mais alegria sincera; é produto. Nos últimos tempos o jogador que faz um gol antes de festejar com os companheiros corre em direção a câmera de tv para beijar o escudo do time, mandar beijinhos, desenhar coraçãozinho com as mãos, levantar os braços para o céu ou mesmo destacar o logotipo do patrocinador master na camisa. O símbolo da pura alegria virou marca de comércio. Nada contra, afinal vivemos outra época, em que praticamente tudo tem um fundo mercantil. Apenas vai chocando a ingenuidade pura do torcedor, o encantamento da plasticidade do esporte e a sinceridade dos gestos. Observem que muita gente passou a ver, na comemoração de um gol, a forma ideal de criar um produto a ser vendido. O que deveria ser a mais singela e intuitiva comemoração de um gol passa a ser um objeto de consumo. 


Fonte: Gazeta do Povo